PILATES    

 

 

   O método Pilates foi criado pelo alemão Joseph Hubertus Pilates no início do século XX e chamado inicialmente de Contrologia, que significava o controle consciente de todos os movimentos do corpo com a utilização e aplicação adequada dos princípios das forças que atuam nele. Somente após a sua morte, foi dada à técnica o nome de Pilates.

    Joseph H. Pilates nasceu na Alemanha, em 1880, e teve uma infância marcada por um estado de saúde muito delicado, sofrendo, dentre outras doenças de asma, raquitismo e febre reumática. Incentivado por seus pais, começou a praticar diferentes atividades físicas: lutas e artes marciais, esqui, mergulho, atividades circenses, ginástica olímpica, yoga, entre outras e, posteriormente, começou a estudar anatomia, fisiologia, medicina oriental e ocidental. Ele acreditava que ser saudável era ter uma mente forte e com ela obter o controle total do próprio corpo.

    No início da I Guerra Mundial, estava morando na Inglaterra como lutador profissional de boxe. Por ser alemão, foi considerado “inimigo estrangeiro” e preso num campo especial. Lá, encorajou seus colegas a participarem de um programa estruturado por ele de exercícios no solo. Em outro campo, já no final da I Guerra, aplicou seus conhecimentos para ajudar na reabilitação de soldados feridos e mutilados pela Guerra. Começou, então, a experimentar exercícios utilizando as molas das camas e outros acessórios improvisados, e descobriu que eles possibilitavam o condicionamento de pacientes debilitados que permaneciam muito tempo deitados e sem se movimentar.

     Em 1926, desiludido com o exército e a política alemã, decidiu ir para os Estados Unidos. Na viagem, conheceu e casou-se com Clara, uma enfermeira que foi sua aluna/paciente no navio e que, posteriormente, muito ajudou na sistematização do método. Joseph e Clara fundaram o primeiro stúdio de Pilates em Nova York, num prédio destinado a stúdios de dança. Através do condicionamento e da reabilitação de lesões dos bailarinos o método foi sendo difundido para outros setores da sociedade. Desde o início, o método foi baseado em alguns princípios básicos: respiração, concentração, centro, precisão, controle e fluidez. 
 
    Joseph Pilates viveu uma vida longa e saudável, morreu em 1967, aos 87 anos. Desde então o método cresceu muito e hoje em dia, o Método Pilates não é usado mais somente como atividade física, mas também para fins de reabilitação, podendo tratar uma grande variedade de patologias.
    
    Pilates naquela época já estava 50 anos à frente do seu tempo. A definição de Pilates para um bom condicionamento físico é a obtenção e manutenção do desenvolvimento uniforme do corpo, saúde mental e ser capaz de realizar com facilidade suas atividades de vida diária. Todos os exercícios para Joseph Pilates eram baseados em fortalecimento muscular com alongamento, por isso ele já dizia na época: se um indivíduo tem 20 anos e está encurtado, é um velho. Porém se tem 60 anos e tem flexibilidade e força é um jovem.

 

 O Fluir Studio Pilates é um espaço inteiramente voltado a prática de Pilates. Com instalações completas para a prática do método, oferece conforto, privacidade e segurança em um atendimento feito exclusivamente por fisioterapeuta.

    As aulas são personalizadas, com no máximo 3 alunos por horário, através de um programa direcionado por anamnese e avaliação postural, onde é possível identificar os objetivos e necessidades individuais.

 

 

 

 

“Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem.” Joseph Pilates


AGENDE UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!!!